Pesquisa em educação física e mídia

Pesquisa em educação física e mídia

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos | [ Descendente ]

12 - O ESPORTE NA MÍDIA DURANTE A COPA DO MUNDO/2006 SOB OS OLHARES DE JOVENS ESCOLARES: SÍNTESES CONCLUSIVAS DE UM ESTUDO DE RECEPÇÃO 12 - O ESPORTE NA MÍDIA DURANTE A COPA DO MUNDO/2006 SOB OS OLHARES DE JOVENS ESCOLARES: SÍNTESES CONCLUSIVAS DE UM ESTUDO DE RECEPÇÃO

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 682.95 kB
Downloads: 1077

ANTUNES, Scheila Espíndola. O esporte na mídia durante a Copa do Mundo/2006 sob os olhares de jovens escolares: sínteses conclusivas de um estudo de recepção. In: PIRES, Giovani De Lorenzi; RIBEIRO, Sergio Dorenski (orgs.). Pesquisa em educação física e mídia: contribuições do LaboMidia/UFSC. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2010.

RESUMO

Neste artigo serão expostas algumas reflexões conclusivas do estudo desenvolvido junto ao curso de Mestrado em Educação Física e ao Grupo de Estudos Observatório da Mídia Esportiva do CDS/UFSC, sob orientação do Prof.º Dr. Giovani De Lorenzi Pires.

 

06 - SOBRE OS AUTORES 06 - SOBRE OS AUTORES

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 01/11/2012
Tamanho: 320.59 kB
Downloads: 1161

09 - LAZER E MÍDIA NO COTIDIANO DAS CULTURAS JUVENIS 09 - LAZER E MÍDIA NO COTIDIANO DAS CULTURAS JUVENIS

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 627.61 kB
Downloads: 1182

HACK, Cássia. Lazer e mídia no cotidiano das culturas juvenis. In: PIRES, Giovani De Lorenzi; RIBEIRO, Sergio Dorenski (orgs.). Pesquisa em educação física e mídia: contribuições do LaboMidia/UFSC. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2010.

RESUMO

Estudos sobre a juventude são mais ou menos recentes nas ciências sociais brasileiras, ao menos os que se dedicam a abordar o tema para além de questões etárias, ou que tratem a juventude de forma não-homogênea. Grande parte dos estudos realizados até então expressavam interesse em aspectos desenvolvimentista e/ou maturacional, de corte biologicista ou psicologizante. O reconhecimento de que outras características devem ser levadas em conta nas pesquisas sobre jovens implicou que fatores como classe social, gênero e etnia passassem a ser vistos como integrantes do imenso e complexo cipoal sociocultural que compõe o significado de “ser jovem” na sociedade contemporânea.

10 - MODA/INDUMENTÁRIA EM CULTURAS JUVENIS: SÍMBOLOS DE COMUNICAÇÃO E FORMAÇÃO DE IDENTIDADES CORPORAIS PROVISÓRIAS EM JOVENS DO ENSINO MÉDIO 10 - MODA/INDUMENTÁRIA EM CULTURAS JUVENIS: SÍMBOLOS DE COMUNICAÇÃO E FORMAÇÃO DE IDENTIDADES CORPORAIS PROVISÓRIAS EM JOVENS DO ENSINO MÉDIO

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 601.45 kB
Downloads: 1222

COSTA, Antonio Galdino. Moda/idumentária em culturas juvenis: símbolos de comunicação e formação de identidades corporais provisórias em jovens do ensino médio. In: PIRES, Giovani De Lorenzi; RIBEIRO, Sergio Dorenski (orgs.). Pesquisa em educação física e mídia: contribuições do LaboMidia/UFSC. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2010.

RESUMO

A temática de que trata este estudo surgiu da inquietação em tentar compreender um pouco mais o cotidiano das culturas juvenis para além do tempo/espaço da sala de aula. A pesquisa se desenvolveu na perspectiva de saber como se constituem os grupos, com as suas respectivas identidades, como os alunos se integram (ou não) a esses grupos, a partir de suas identidades corporais provisórias, e quais símbolos comunicacionais contribuem para esse processo.

14 - BRINCANDO NA ESCOLA: O IMAGINÁRIO MIDIÁTICO NA CULTURA DE MOVIMENTO DAS CRIANÇAS 14 - BRINCANDO NA ESCOLA: O IMAGINÁRIO MIDIÁTICO NA CULTURA DE MOVIMENTO DAS CRIANÇAS

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 839.5 kB
Downloads: 1272

MUNARIM, Iracema; GIRARDELLO, Gilka. Brincando na escola: o imaginário midiático na cultura de movimento das crianças. In: PIRES, Giovani De Lorenzi; RIBEIRO, Sergio Dorenski (orgs.). Pesquisa em educação física e mídia: contribuições do LaboMidia/UFSC. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2010.

RESUMO

As mídias têm estabelecido uma nova forma de ver e interpretar as situações cotidianas, modificando até mesmo o próprio conceito de infância, que tem sido revisto em termos contemporâneos. Definições diferentes, confusas ou alarmantes, são encontradas nas mais diversas classificações existentes na literatura ou no senso comum. Além disso, tem se tornado comum a discussão sobre o acesso às mídias eletrônicas por parte das crianças, que ora apontam estes meios como benéficos ora como maléficos ao seu desenvolvimento. Polêmicas e dualismos à parte, o fato é que os meios de comunicação eletrônicos fazem parte do dia-a-dia da maioria das crianças em contextos urbanos, isto não pode mais ser negado.